Famalicão: Alterações climáticas juntam jovens de vários países em campo de trabalho

Está a decorrer um Campo de Trabalho Internacional com a participação de 17 jovens de diversos países.

Por iniciativa da YUPI – Associação Juvenil de Famalicão e pela Associação de Deão, com apoio do IPDJ, as atividades de campo decorrem em Famalicão e Viana do Castelo.

Até 7 de setembro, os voluntários desenvolvem atividades no âmbito das alterações climáticas. Em Famalicão colaboram na preparação de um Centro Comunitário para a Transição; em Viana do Castelo removem espécies invasoras, criando melhores condições para a sobrevivência de espécies nativas. Em paralelo, os participantes envolvem-se em atividades lúdicas.

 

 

Sofá amarelo de Famalicão inspira cidade americana

Fort Collins inspirou-se no sofá amarelo da cidadania de Vila Nova de Famalicão, uma das marcas do Festival Famalicão Visão’25, para mobilizar a comunidade no debate do Plano para as Alterações Climáticas. Os responsáveis da cidade norte-americana do Colorado replicaram o exemplo famalicense convidando os munícipes a deixarem as suas ideias escritas na lousa.

Refira-se que Vila Nova de Famalicão e Fort Collins têm desenvolvido um trabalho de parceria e cooperação no âmbito do Programa Internacional de Cooperação Urbana, da Comissão Europeia, onde se inclui a troca de conhecimento e experiências para a sustentabilidade do território.

Famalicão responde ao apelo das Nações Unidas para o Clima

São as cidades que implementam a maioria, cerca de 89%, das ações de combate às alterações climáticas, conforme é sugerido pelas Nações Unidas. Famalicão faz parte de um grupo de cidades portuguesas que tem como metas a redução em 40% das emissões poluentes dos transportes municipais, até 2030. Por outro lado, propõem aumentar em mais de 60% a produção municipal de energia. É uma espécie de aliança das autarquias locais a favor do clima e da eficiência energética.

Além de Famalicão estão neste pacto cidades vizinhas como Braga, Porto e Guimarães.

Fazem parte desta aliança mais de dez mil cidades em todo o mundo. Juntas, pretendem tomar medidas para reduzir em 17 mil milhões de toneladas as emissões de dióxido de carbono até 2030 e 60 mil milhões de toneladas até 2050.

Most Popular Topics

Editor Picks