Tabaco aumenta 10 cêntimos no próximo ano

Em 2022, cada maço de tabaco vai custar mais 10 cêntimos, o mesmo que subiu em 2021, segundo estimativas da Imperial Brands com base na proposta de Orçamento do Estado para o próximo ano.

A estimativa da Imperial Brands, que comercializa algumas marcas, tem por base a proposta do Orçamento do Estado, apresentada pelo Governo que aplica uma atualização de 1% a todas as componentes do imposto sobre tabaco, avança O Observador.

Ao tabaco é, ainda, aplicado um fator multiplicador; quando o preço está abaixo do preço médio vendido no ano anterior. Portugal tem um multiplicador de 102% e é este acréscimo que a Imperial Brands diz que não se devia aplicar.