Sem pagar salários, espanhóis da Imaginarium anunciam: “Em Portugal vamos fechar tudo”

A cadeia de lojas Imaginarium, direcionada para o público infantil e com presença em dezenas de centros comerciais de norte a sul do país, não resistiu a uma profunda crise e já ordenou o encerramento das lojas.

De acordo com o NIT, o drama dos trabalhadores já terá começado quando o pagamento dos salários começou e, depois, começaram a chegar caixas vazias às lojas portuguesas.

As caixas, que a direção assumiu numa primeira fase ter sido um erro foram, afinal, para esvaziar as prateleiras e enviar toda a mercadoria para a sede, em Espanha.

Depois de fechadas as lojas, fruto do segundo confinamento geral decretado pelo governo, surge a confirmação das suspeitas, o grupo Imaginarium anunciou o encerramento definitivo de todas as lojas em território nacional.

Segundo um dos responsáveis desta cadeia de lojas, há a esperança da marca poder voltar a Portugal com uma única loja própria e uma outra em regime de franchise.

Os funcionários, apesar de já saberem o que o futuro lhes reserva, continuam com salários por pagar e sem respostas por parte da direção do grupo.

No norte a Imaginarium tinha lojas nos centros comerciais Norte Shopping, Mar Shopping e Guimarães Shopping.