Secretário de Estado do Desporto «impressionado» com a Academia do FC Famalicão 5235

O Secretário de Estado da Juventude e do Desporto, João Paulo Rebelo, visitou a Academia do Futebol Clube de Famalicão ao final da tarde desta terça-feira. Veio conhecer as novas instalações do clube, em particular uma aplicação de cortiça no relvado sintético.

O governante ficou «muito satisfeito» com as condições que o clube oferece aos atletas. «É um equipamento de primeira. Sabemos o quanto custa fazer um investimento de base e apostar na formação, porque os resultados não aparecem de forma imediata, mas esta é a receita de sucesso do nosso futebol», enalteceu o Secretário de Estado.

«Estou verdadeiramente impressionado. O desporto precisa destas condições porque o desporto é o braço-armado da sociedade também no seu desenvolvimento social e económico»

Acompanhado pelo presidente do Futebol Clube de Famalicão, Jorge Silva, e pelo vereador do Desporto, Mário Passos, João Paulo Rebelo visitou, ainda, as obras da segunda fase deste complexo, que contempla dois campos de futebol onze e respetivos balneários, além de outras infraestruturas de apoio. «Estou verdadeiramente impressionado. O desporto precisa destas condições porque o desporto é o braço-armado da sociedade também no seu desenvolvimento social e económico», vincou.

Referindo-se à aposta na formação, o governante frisou que clubes como o Futebol Clube de Famalicão, «estão a formar o futuro e a incutir em tenra idade princípios essenciais e uma prática desportiva que se quer de alto rendimento». Por isso, concluiu, «faço um elogio aos dirigentes do Futebol Clube de Famalicão porque mostram capacidade para fazer deste um grande clube».

As principais dificuldades passam por fazer muito com pouco dinheiro.

O vereador do Desporto espera, agora, que esta visita resulte num apoio concreto ao desenvolvimento do projeto da Academia. Para Mário Passos, «a visita do senhor Secretário de Estado quer significar que ele reconhece esta capacidade instalada e reconhece que Vila Nova de Famalicão é um concelho e um território com clubes e gentes que merecem um acompanhamento do Governo».

Jorge Silva explicou ao Secretário de Estado o tipo de projeto que o FC Famalicão quer aplicar neste espaço de Esmeriz. «As principais dificuldades passam por fazer muito com pouco dinheiro. É um terreno complexo que obriga a movimento de terras e muros de suporte porque os desníveis são grandes. Tudo isto fica muito caro», realça o presidente do clube.

Pese embora as dificuldades, a segunda fase da obra «decorre em bom ritmo», com a colocação do relvado sintético num dos campos. «Tudo isto para os nossos 400 e tal atletas», explicou Jorge Silva. Os diversos escalões de formação vão ocupar estes campos, incluindo os dois escalões femininos. As sub-19 treinam, atualmente, em Gavião (Escola D. Maria II) e as seniores em Arentim, Braga. «Esta é a nossa casa. Queremos treinar aqui com todos os nossos escalões», acrescentou o dirigente.

O Futebol Clube de Famalicão arranca esta época com o projeto do futebol feminino, a iniciar na Segunda Divisão. O objetivo é ter todos os escalões. «Tem sido uma aposta arrojada. Entramos com vontade de vencer e tentamos criar as condições para que assim aconteça», avança Jorge Silva.

O vereador da Câmara Municipal reconhece o esforço e a importância do futebol feminino na promoção do desporto entre as mulheres. Por isso, prometeu, «a Câmara Municipal está disponível para continuar a apoiar».

Most Popular Topics

Editor Picks