“Se for necessário, bares e discotecas continuarão fechados no verão” diz António Costa

O primeiro-ministro diz que as casas de diversão são “atividades que vivem da interação” e que, por isso, estão “no último lugar” dos serviços que reabrirão.

Não podemos pôr em causa o que conseguimos com enorme dificuldade

António Costa em entrevista à TSF

O governante diz que, se for necessário, estes espaços vão manter-se encerrados, uma vez que promovem uma aproximação das pessoas quando, o que se pretende, é precisamente o contrário.