Santa Casa recusa-se a entregar 10 mil euros por “micro” rasgo em raspadinha

Santa Casa recusa-se a entregar 10 mil euros por “micro” rasgo em raspadinha

Maria Freitas, desempregada de 57 anos, natural e residente em Guimarães, comprou no passado mês de fevereiro uma raspadinha dos jogos santa casa com um prémio de 10 mil euros.

Quando foi reclamar o prémio viu o mesmo ser-lhe negado pelo facto da raspadinha estar ligeiramente rasgada numa das pontas, como é possível ver na imagem. A vencedora deste prémio, indignada com toda a situação, diz não entender a decisão da Santa Casa uma vez que o rasgo não impede a leitura do boletim.

Apesar de ter recorrido da decisão, o Departamento de Jogos de Santa Casa voltou a reafirmar que Maria Freitas não tem direito ao prémio devido ao rasgo, independentemente do mesmo possibilitar a leitura correta da raspadinha.

Most Popular Topics

Editor Picks