Concelho

Riba de Ave «tinha tanto e está a perder tanto»

Susana Pereira reitera, em entrevista ao CIDADE HOJE, que o fim dos contratos de associação com as escolas da vila de Riba de Ave, que levou ao encerramento do Externato Delfim Ferreira, está a provocar danos económicos e sociais na freguesia. «O território tinha tanto e está a perder tanto e sem justificação, porque aquelas escolas tinham alunos», lamenta-se. É por isso que defende uma escola pública do 5.º ao 12.º anos que sirva a vila e freguesias vizinhas para, assim, repor a normalidade «em muitas famílias que viram a sua vida alterada».

A par deste problema, a vila ribadavense viu-se, num curto espaço de tempo, sem o balcão da Caixa Geral de Depósitos e teve que albergar, na sede da Junta de Freguesia, os CTT para não perder o serviço.

«Nunca imaginei que isto iria acontecer. São serviços que sempre existiram em Riba de Ave» e se foram motivo, no passado, «para sermos vila, deveriam ser motivo para aqui continuarem», diz a autarca da vila.

Nesta entrevista, que pode ler na íntegra na edição desta semana, Susana Pereira vê a requalificação do Cine Teatro Narciso Ferreira como «importante, também, para o ânimo das pessoas», e fala dos sonhos para a zona ribeirinha e de um parque de lazer.

Previous post

CIOR promove a Semana da Europa

Next post

Famalicão coberto de flores

Cidade Hoje