Riba de Ave estranha escolha dos árbitros para o jogo com a Sanjoanense

O Riba de Ave Hóquei Clube (RAHC) «estranha» a nomeação de Manuel Oliveira e António Santos para arbitrarem o jogo deste sábado, em São João Madeira, contra a formação local.

Recorde-se que o jogo respeitante a mais uma jornada do nacional da 1.ª divisão de hóquei em patins, disputa-se às 17h30, colocando frente a frente equipas que lutam para se distanciarem dos lugares de despromoção. A Sanjoanense soma 16 pontos, mais dois que o Riba de Ave.

O clube ribadavense «desconhece os critérios que presidem às nomeações», mas não deixa de considerar «estranha a nomeação desta equipa de arbitragem para este jogo». E a «estranheza» dos ribadavenses advém «dos estranhos “acontecimentos” que sistemática e “coincidentemente” ocorrem sempre que determinados árbitros são nomeados para determinados jogos», lê-se no comunicado emitido ao final desta tarde.

Por não acreditar em “coincidências”, o Riba de Ave pede «verdade desportiva e uma modalidade séria, credível» e exige «respeito pelos seus atletas, pelas suas equipas técnicas, pelos seus dirigentes e pelos seus adeptos e simpatizantes».