Concelho

Reabilitação do Palácio da Igreja Velha vence Prémio Januário Godinho

O Prémio Januário Godinho foi entregue esta sexta-feira, no Centro de Estudos Camilianos, ao arquiteto e ao promotor do projeto de reabilitação do Palácio da Igreja Velha, em Vermoim.

Este foi o prémio vencedor, escolhido por unanimidade, por um júri composto pela Direção Regional de Cultura do Norte, Ordem dos Arquitetos, Ordem dos Engenheiros e Associação de Reabilitação Urbana. A presidir esteve a responsável pelo departamento de arquitetura da Câmara Municipal de Famalicão, arquiteta Francisca Magalhães.

«Com este prémio conseguimos mostrar os bons exemplos de intervenção no património de Vila Nova de Famalicão. Pensamos que conseguimos disseminar as boas práticas e inspirar quem vai ter que intervir de novo em património edificado», analisa a diretora do departamento de arquitetura da Câmara Municipal de Famalicão, Francisca Magalhães.

Para um dos autores do projeto, Nuno Poiarez (juntamente com dois sócios), da Visioarq, o grande desafio foi introduzir um pavilhão de eventos num edifício do século XIX. Esta parte nova tinha que ter no mínimo 600m2 e sete metros de altura.

Foto: Fernando Guerra

Previous post

"Conversas de Esquina": o novo espetáculo da Fértil Cultural

Next post

Ao encontro das relações de Portugal com os EUA

Cidade Hoje