Rali: Pedro Almeida foi terceiro em França

O terceiro lugar entre os Peugeot 208Rally4 soube a pouco ao piloto famalicense. Satisfeito pela conquista, Pedro Almeida refere que, «de alguma forma, ficou surpreendido pelo ritmo que conseguimos imprimir, mas no final há alguma frustração porque podíamos ter feito ainda melhor que este terceiro lugar». O piloto famalicense, que teve a seu lado Hugo Magalhães, lamentou a ligeira saída de estrada na primeira passagem por Moyenmoutier onde deixou ficar mais de 2 minutos. «Perdemos ritmo e confiança, mas da parte da tarde voltamos aos registos que, no dia anterior, valeram a vitória numa das especiais» acrescentou.

O Rallye Vosges Grand Est, disputado no final desta semana em pisos de asfalto, foi o primeiro do piloto em França. Foi, como assume, uma prova muito intensa «e muito disputada. O nível é muito igual e com todos os pilotos da copa a ficarem separados por escassos segundos». A justificar esta luta o facto de só depois de concluída a última especial do dia, Pedro Almeida e Hugo Magalhães conquistarem o pódio. «Nunca deixamos de lutar e travamos uma intensa batalha pelo terceiro lugar, uma posição que acabou por nos sorrir depois da desistência de um dos pilotos na última classificativa, em consequência desta luta ao segundo que todos travamos durante as 14 especiais de classificação».

A próxima prova, em julho, do calendário de Pedro Almeida é também pontuável para o Peugeot Rally Cup de França