Rali de Famalicão candidato ao Campeonato Regional Norte 10

Rali de Famalicão candidato ao Campeonato Regional Norte 11

O Rali de Famalicão vai para a estrada nos dias 20 e 21 de julho, com sete pec´s, incluindo uma noturna em Fradelos. Há duas novidades este ano: engloba três freguesias onde ainda não tinha passado (Arnoso Stª Maria, Nine e Arnoso Stª Eulália) e vai ser testado para integrar o Campeonato Regional Norte de Ralis.

Paulo Magalhães, representante da Federação Portuguesa de Automobilismo e Karting, explicou, na apresentação da prova, que decorreu na passada terça-feira, que serão avaliados cerca de 600 parâmetros. Os mais importantes dizem respeito à segurança, à organização e ao apoio da autarquia.

Se passar no teste, a prova de 2019 já fará parte do Campeonato Regional do Norte. Depois, o processo de crescimento pode levar a prova a integrar o Campeonato Nacional, frisou Paulo Magalhães.

Sérgio Aguiar, representante do Team Baia, organizador da prova juntamente com a Federação, realça o número de aficionados no concelho pelo desporto motorizado. Anunciou que já há 50 inscrições, incluindo das Ilhas e de Espanha. O número de participantes pode subir porque as inscrições só fecham na próxima semana.

O dia 20, sexta-feira, é para testes. No dia 21, as máquinas terão que percorrer uma pec em Mouquim/Lemenhe/Jesufrei entre as 12h50 e as 16h03; entre as 13h20 e as 16h33 passam em Arnoso Stª Maria/Nine/Arnoso Stª Eulália; Outiz/Vilarinho das Cambas e Calendário está marcado para as 14h13 e as 17h26. Há ainda uma especial noturna (21 horas) em Fradelos, Vilarinho e Calendário. O parque será na Praça D. Maria II.

O município de Famalicão apoia o evento com treze mil e quinhentos euros, que servem essencialmente para a segurança (policiamento) e para a divulgação do rali. «A Câmara apoia porque este é o sentimento dos famalicenses», referiu o vereador do Desporto. Mário Passos realçou, ainda, a descentralização por diferentes freguesias como forma de divulgar o território.

No dia 21 poderá ver as máquinas em ação e as manobras dos pilotos, só o vencedor do ano passado é que não se repetirá porque Pedro Almeida vai participar mas sem contar para a competição. «Vou usar este rali como teste para a Madeira e mostrar o carro em ação para gozo dos famalicenses», referiu o piloto famalicense.

Most Popular Topics

Editor Picks