RACLAC adjudica a construção da sua nova fábrica à Gabriel Couto

RACLAC adjudica a construção da sua nova fábrica à Gabriel Couto

A RACLAC, S.A. adjudicou à construtora Gabriel Couto a execução da primeira linha de produção da sua nova unidade industrial, localizada em Famalicão, para pôr em marcha o Projeto NITRO, que passa pela produção de luvas de exame de uso único. Este investimento ronda os 20 milhões de euros.

Esta nova unidade industrial, primeira da Europa, é especializada na conceção e fabrico de uma gama inovadora destes utensílios clínicos. Serão produzidas luvas de exame de uso único para a área da saúde de forma singular através de uma tecnologia que veio a ser desenvolvida pela própria empresa ao longo dos últimos três anos. Trata-se de uma linha de produção 100% automatizada, com 48 robôs e sem intervenção humana, do princípio ao fim. “A produção será feita em “sala limpa”, tal como o embalamento, garantindo luvas totalmente seguras e higienizadas, além de ser adotadas as mais rigorosas premissas ecológicas, com o reaproveitamento e a poupança de água e de energia”, segundo comunicado.

Esta ampliação do complexo fabril, com possibilidade de expansão num futuro próximo, será feita num terreno anexo aos escritórios centrais da RACLAC com uma área total de cerca de 82.000 m2. Esta unidade apresenta uma área de implantação de 7.600 m2 e uma área de construção de cerca de 8.600 m2, sendo a sua superestrutura executada em estrutura metálica com aproximadamente 300 toneladas.

No interior, para além da área principal referente à linha de produção, está ainda prevista uma área social e administrativa. Na área exterior será instalada uma báscula ponte pesa-camiões, com capacidade até 80 toneladas, concebida para pesagem de veículos rodoviários de transporte de mercadorias.

A RACLAC, cujo volume de faturação ultrapassou os 10,5 milhões de euros em 2017, registando um crescimento de 30% face ao ano anterior, está presente em mercados como Espanha, França, Inglaterra, Angola, Moçambique, Marrocos, Tunísia e Cabo Verde, e prevê com este Projeto NITRO a entrada e conquista de novos mercados.

Most Popular Topics

Editor Picks