Projeto da ACIP alia a arte à terapia ocupacional

Projeto da ACIP alia a arte à terapia ocupacional

Criado em 2015, o ArTerapia, da ACIP – Ave Cooperativa Intervenção Psico-Social, tem como propósito ajudar as pessoas a ultrapassarem a desmotivação e o isolamento, a estimularem a autoconfiança, o espírito de entreajuda e a imaginação.

O projeto que alia a arte à terapia ocupacional e que a ACIP desenvolve em Joane foi o foco da atenção da última jornada do Roteiro da Inovação, que levou o presidente da Câmara Municipal a conhecer a dinâmica deste grupo que, todas as semanas, se junta para fazer trabalhos manuais, conversar, interagir, aprender e distrair em conjunto. «É um projeto fantástico e é muito bom perceber que na sociedade civil há associações que estão preocupadas com a comunidade», elogiou Paulo Cunha, considerando ainda que o ArTerapia está a ajudar a fazer comunidade. «Precisamos que as pessoas falem mais umas com as outras. Devemos estar preocupados com o que acontece à nossa volta. E às vezes as pessoas só precisam de uma palavra amiga, de um conforto, de alguém que as ouça e é isso que a ACIP está a fazer», referiu.

Letícia Campelo, psicóloga e coordenadora do projeto, explicou que inicialmente o ArTerapia destinava-se apenas aos utentes do Serviço de Atendimento e Acompanhamento Social da ACIP, mas os bons resultados levaram-no a abrir-se à comunidade.

A quebra do isolamento, o aumento da rede de suporte informal e consequente integração social são apontados pela responsável como as principais mais-valias do projeto, gerado no seio de duas Comissões Sociais Inter Freguesias de que a ACIP faz parte, abrangendo 9 freguesias do concelho.

A intenção de replicar este projeto noutras instituições foi manifestada pelo presidente da instituição, Francisco Lima.

Most Popular Topics

Editor Picks