Projeto Aldeias em Festa reúne em palco “músicos” dos 9 aos 90 anos de idade 837

Mais de meia centena de cidadãos famalicenses vão juntar-se em palco para uma performance de fusão musical única e completamente genuína. O espetáculo que vai realizar-se este domingo, dia 22, a partir das 18h30, na Quinta Pedagógica do Centro Social e Cultural de S. Pedro de Bairro é o primeiro resultado do projeto Aldeias em Festa, promovido pela Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão através da Comissão Social Interfreguesias de Bairro, Carreira, Bente, Delães, Ruivães e Novais.

Os músicos são cidadãos destas freguesias do concelho e reúnem desde pessoas com 90 anos de idade a jovens adolescentes; amadores e profissionais, iniciantes e pessoas que nunca fizeram música, de qualquer idade ou proveniência. Em comum tem apenas o gosto pela música, pela arte e pela tradição.

O projeto que parte de um trabalho realizado com a comunidade, iniciado em abril deste ano, visa a recriação de sonoridades de vários instrumentos musicais tradicionais em conjugação com outros menos convencionais e as músicas resultam desta mescla de experiências artísticas, mas também no contributo pessoal de cada participante.

Por detrás do espetáculo e como ponto de união de todo este projeto está uma equipa artística, experiente no trabalho com as diversas formas de música e com comunidades heterogéneas. Trata-se da equipa “Onda Amarela”, com Ricardo Batista músico, especializado em trabalho com comunidades, e Ana Bragança gestora cultural, especializada em projetos de mediação e envolvimento comunitário.

A partilha de experiência dos participantes envolvidos, os seus locais, hábitos e tradições constitui uma caraterística distintiva do projeto. O território e as suas tradições surgem assim como elo de união entre artistas, comunidades e público, representando também um papel muito importante no imaginário de toda a performance e na criação da música.

Para além da participação dos cidadãos anónimos, foram ainda convidados agrupamentos musicais diversos do território, como bandas de garagem, ranchos folclóricos, bandas filarmónicas, grupos corais, entre outros.

O primeiro espetáculo acontece este domingo, iniciando-se pelas 14h30, com várias fases de “ensaio geral/soundcheck” que decorrerão no palco de forma faseada durante a tarde, estando o público convidado a assistir a este processo. Enquanto isso, é possível visitar a quinta, as famílias poderão fazer o seu piquenique e os mais novos dedicar-se a jogos. O concerto terá início às 18h30, aproveitando a luz do final de tarde, que tem um efeito fantástico sobre as árvores do bosque.

Depois da primeira apresentação, o espetáculo irá tornar-se itinerante por diversas freguesias do concelho, sendo que poderão sempre entrar novos participantes e reinventar-se novas sonoridades.

Refira-se que Aldeias em Festa enquadra-se no “Há Cultura” um projeto de programação e criação cultural descentralizada criado para que haja em todo o concelho um maior e melhor acesso à cultura. Esta iniciativa vai gerar uma agenda cultural periódica descentralizada que levará eventos culturais diferenciadores e participativos às diferentes freguesias de Famalicão e fomentará a qualificação e criação local.

Most Popular Topics

Editor Picks