Pisos escorregadios exigem muita atenção na condução de Pedro Almeida

Pisos escorregadios exigem muita atenção na condução de Pedro Almeida

Pedro Almeida já está nos Açores e já testou o Skoda Fabia R5 nos pisos da ilha de S.Miguel, onde se disputa, até sábado, o Azores Rallye, prova inaugural do Campeonato da Europa, mas já a segunda etapa do calendário do Campeonato de Portugal de Ralis (CPR).

Nos primeiros testes «acertamos algumas afinações do carro para este rali que, por ser do Campeonato da Europa, é mais longo e exigente», refere o piloto, que nos Açores tem como navegador Nuno Almeida.

Depois da experiência do ano passado, «temos algum conhecimento das classificativas, mas teremos maiores dificuldades nas novas zonas do traçado». Mesmo assim, pretende fazer uma boa prova, tendo como prioridade somar pontos para o CPR. Pedro Almeida/Nuno Almeida estão, também, inscritos no ERC1 e ERC Júnior, duas categorias do Campeonato da Europa que vão servir para avaliar «o nosso andamento entre os pilotos nestes dois grupos e nas quais vamos também procurar entrar nos pontos para, depois, analisar o nosso posicionamento e uma eventual participação noutras provas do calendário internacional».

Dos testes já realizados com o Skoda Fabia R5, Pedro Almeida salienta as dificuldades acrescidas pelo perfil dos pisos dos Açores, «com pisos muito escorregadios a exigir muita atenção na condução e muita concentração ao longo dos quatro dias de competição».

O piloto vai aproveitar a presença nos Açores para entregar à Associação de Solidariedade Mãe de Deus uma biblioteca com uma centena de títulos. Trata-se de mais uma ação de responsabilidade social que Pedro Almeida vai levar a todas as terras por onde vai passar o Campeonato de Portugal de Ralis.

Most Popular Topics

Editor Picks