Concelho

Pioneiros do stand-up na quinta edição do “Santo Tirso a Rir”

O “Santo Tirso a Rir” está de regresso à Fábrica de Santo Thyrso. Dia 7 de abril, pelas 21h30, os pioneiros do stand-up comedy em Portugal, Aldo Lima, Óscar Branco e Rui Xará entram em palco para um espetáculo que promete momentos de humor inesperados e um sem número de gargalhadas.

A quinta edição do “Santo Tirso a Rir” chega dia 7 de abril à Fábrica de Santo Thyrso. A partir das 21h30, Aldo Lima, Óscar Branco e Rui Xará sobem a palco para um espetáculo de comédia que promete surpreender.

Natural de Ílhavo, Aldo Lima é um dos pioneiros do stand-up comedy em Portugal. Nos anos 90, e antes da sua cara se tornar conhecida através de três campanhas de uma operadora de comunicações móveis, já tentava explicar a gerentes de espaços noturnos que lhe era possível subir a palco sozinho e, sem contar anedotas, divertir qualquer plateia. A tarefa ficou facilitada com o aparecimento do programa da SIC “Levanta-te e Ri”, tendo a sua primeira atuação “Tourada à Portuguesa”, plena de momentos inesquecíveis, marcado o programa e lançado a sua carreira de humorista.

Em 2006, foi coautor, com João Quadros, da série da RTP “Palavras para quê”, que também protagonizou e, em dezembro do mesmo ano, teve direito a um especial stand-up intitulado “Aldo Lima – Pior que Estragado”. Cáustico e inteligente, possuidor de uma expressão corporal única, Aldo Lima permanece como um dos grandes comediantes nacionais.

Já Óscar Branco chegou a estudar engenharia, mas o seu amor ao teatro falou mais alto. Trocou de curso e abraçou a formação de atores, pisando depois palcos como o do Teatro Nacional São João. O seu registo de comédia, descobriu-o num bar em Leça em 1983, onde teve de atuar inesperadamente de improviso: quando reparou, estava em palco a contar piadas. Depois dessa noite, foram surgindo as oportunidades de contagiar outras plateias com o seu humor, nomeadamente através da sua participação em programas de televisão.

Considerado um pioneiro nesta área em Portugal, Óscar Branco anda há mais de 25 anos a fazer espetáculos de stand-up. Figura do norte por excelência, Óscar Branco é reconhecido à distância pela sua “competência”. Da política ao desporto, do terrorismo ao jet 7, do WC inteligente à falta de inteligência dos que vão ao WC, nos espetáculos de Óscar Branco ninguém está a salvo.

Rui Xará é outro dos pioneiros de stand up em Portugal e um dos mais prolíferos comediantes do país, com mais de duas mil atuações em 18 anos de carreira e várias participações em programas de televisão e rádio. Em janeiro de 2016, esgotou o Teatro Sá da Bandeira naquele que foi o primeiro grande roast público em Portugal (evento de comédia onde um indivíduo é alvo de piadas, insultos, elogios e histórias), tendo para isso conseguido juntar 17 comediantes em palco para o “assarem” nos seus 17 anos de carreira.

Nas palavras do seu amigo Rui Sinel de Cordes, Rui Xará “é o mais conhecido dos (comediantes) não famosos” e apesar de adorar a stand-up comedy, tem já vários trabalhos feitos e reconhecidos noutras áreas do humor, sendo, frequentemente, convidado como prefaciador e apresentador de livros humorísticos.

O espetáculo do “Santo Tirso a Rir” destina-se a maiores de 16 anos. Os bilhetes têm o valor de dois euros e podem ser adquiridos na Loja Interativa de Turismo, na Biblioteca Municipal e no Centro Cultural Municipal de Vila das Aves.

Previous post

CP admite "fortes perturbações" na 2.ª feira devido à greve da IP

Next post

"FAMALICÃO FASHION SS18" ACONTECE NOS DIAS 20 E 21 DE ABRIL

Cidade Hoje