Petição pública devido à morte de motard famalicense

Está a circular na internet uma petição, que já conta com 1700 assinaturas, a exigir a georreferenciacão de chamadas de emergência para o 112.

A iniciativa surge pela mão de Rui Sá Carneiro, de Gondomar, que foi a primeira pessoa a tentar socorrer o motard de Gondifelos, José Manuel Silva, de 49 anos, que foi vítima de um acidente mortal, no dia 28 de maio, na saída para a A11 e A3 da Circular Interna de Braga.

Rui Carneiro ligou para o 112, mas garante, em declarações ao Diário do Minho, que o socorro demorou tempo a chegar porque não conseguiram perceber onde era o acidente.

Recorde-se que o processo de georeferenciação das chamadas de emergência já foi anunciado pelo Governo, mas nunca foi implementado.

Por isso, avança com a petição “Exigir o acesso dos serviços de emergência (112) à localização de cidadãos que precisam de auxílio” para levar à Assembleia da República.