Pessoas que furem recolhimento obrigatório vão ser encaminhadas para casa pelas autoridades

As autoridades vão ter que encaminhar todos aqueles que sejam apanhados, sem motivo, a circular na via pública durante os horários de recolhimento obrigatório.

O modo de atuação das autoridades foi anunciado, na madrugada deste domingo, pelo primeiro ministro.

António Costa não adiantou mais pormenores sobre a moldura penal.