Páscoa com o toque dos sinos, flores à porta e estandartes à janela

O Arciprestado de Vila Nova de Famalicão, dadas as comunicações das autoridades públicas de saúde, as posições da Conferência Episcopal e da Arquidiocese de Braga, informa que a Páscoa será celebrada com o toque dos sinos durante o dia e é proposto às famílias que coloquem flores à porta e estandartes à janela mesmo sem compasso na rua. A celebração da Páscoa será, por isso, em família.

Informa, também, que as paróquias vão suspender a catequese e atividades juvenis/escutistas, que serão retomadas quando as escolas abrirem; estão suspensas as confissões, as eucaristias, procissões, vias-sacras e toda e qualquer manifestação que implique aglomerados de pessoas; os velórios e os funerais estão circunscritos à família e recomenda que os pêsames sejam dados por SMS e redes sociais; os casamentos e batizados, se os houver, também circunscritos à família.

O Arciprestado de Famalicão adianta que «o dom da vida tem um valor inviolável. Temos o dever de a proteger, a nossa e a dos outros». Em comunicado, diz que todos devem rezar a Deus para que «se compadeça de todos os frágeis e doentes, para que dê alívio e cure todos os infetados, anime os que deles cuidam, ajude os investigadores a encontrar os meios de cura».