Partido Aliança propõe variante que ligue Famalicão ao Porto

O presidente da Direção Política Distrital do Aliança, Ricardo Mendes Ribeiro, deu conta, em reunião com o presidente da Câmara Municipal de Famalicão, de que é preciso uma variante rodoviária que ligue Famalicão e a cidade do Porto.

Para o partido Aliança, a mobilidade e os transportes são essenciais para o desenvolvimento do distrito de Braga. Por isso, além da variante, reclama também a ligação ferroviária entre as cidades do quadrilátero (Barcelos, Braga, Guimarães e Famalicão), com extensão a outras cidades, no futuro.

Acompanhado pelo coordenador do Aliança no concelho de Famalicão, Nuno Pinheiro, o dirigente distrital alertou, também, para os preços da habitação que considera exorbitantes, especialmente no centro da cidade, avisando que isso pode levar à sua desertificação.

Outra preocupação do Aliança é o fecho do centro de saúde de Fradelos, criticando as opções do Governo neste contexto de pandemia.

Pelo contrário, elogiou a autarquia de Famalicão pelas medidas de apoio às famílias, nomeadamente ao nível escolar; mas também considera que as empresas prestadoras de serviços e bens à Câmara recebem dentro dos prazos, o que considera ser uma boa medida.