OUTRA VEZ A EN 14

DECLARAÇÃO. Na passada semana proferi no parlamento uma declaração política sobre a construção da alternativa à EN14. Recordei que o anterior governo concertou com os autarcas uma solução infraestrutural menos onerosa para o erário público, mas igualmente eficiente que, por razões técnicas e financeiras, foi faseada na sua execução. O anterior governo cabimentou e abriu concurso público para a execução da 1ª fase da obra, tendo, inclusive, iniciado o processo de expropriações, bem como os estudos e projetos para as demais três fases.

DENÚNCIA. Desde junho de 2016, que o atual governo está em condições de proceder à adjudicação da 1ª fase. Dada a inexistência de impedimentos técnicos ou financeiros, aquela só não ocorreu por mera opção política governativa.

ANÚNCIO. No dia seguinte àquela declaração, o primeiro-ministro avançou que está tudo pronto para as obras arrancarem na Maia confrontando-nos com uma nova contradição de uma lista já de si deveras extensa. Refira-se que o atual governo deu como boa a execução do projeto faseadamente, depois a obra só podia ser feita de forma integral, para agora voltarmos ao ponto de partida. Assumiu, primeiramente, que o início da obra ocorreria na Maia, depois em Famalicão, para regressar agora novamente à “primeira forma”. Mais surpreendente foi verificar que o primeiro-ministro anunciou um troço (Nó do Jumbo até à Carriça) que corresponde apenas a uma parte da 1ª fase da obra concursada. Dito de outra forma, anunciou uma obra para a qual nem sequer foi aberto concurso público. Uma “artisticidade”.

CANDIDATO. No referido debate parlamentar participou o também deputado famalicense e candidato socialista à Câmara Municipal. Se em Famalicão, conforme se viu em artigo de opinião, criticou o governo de António Costa por ter adiado a obra projetada invocando “argumentos esfarrapados em tecniquês para os quais”  diz já não ter “pachorra”,  já em Lisboa, deu a entender ter andado bem o governo socialista ao abandonar o projeto do governo PSD/CDS-PP, pois aquilo não passa de um “projetinho”, que “não servia para nada, nem a economia, nem as populações, nem a mobilidade”.

Se há olhos que mudam de cor consoante a luz, há pessoas que mudam de opinião consoante as plateias.

Jorge Paulo Oliveira

(Deputado do PSD na Assembleia da República)

Famalicão: Hoje há festa de verão e da cerveja em Sezures

Na tarde deste domingo, realiza-se a festa de verão e da cerveja, na Capela de S.Vicente em Sezures, Famalicão.

A iniciativa arranca às 15h com muita animação musical, a começar com grupos de concertinas e a prosseguir com DJ.

Simultaneamente, no mesmo recinto, decorre o primeiro encontro de concertinas.

 

 

 

FC Famalicão perde troféu Teresa Herrera nas grandes penalidades

A equipa do FC Famalicão perdeu, este sábado, o troféu Teresa Herrera, prestigiada competição que, no plano feminino, vai na décima edição.

A equipa famalicense esteve a vencer o RC Deportivo de La Coruña por 2-0, mas a equipa espanhola logrou chegar ao empate que prevaleceu até ao final do tempo regulamentar.

A decisão foi para as grandes penalidades e o Desportivo foi mais certeiro, com vitória 5-3 sobre as famalicenses.

Famalicão: Autarquia conta com equipamento para tratar do novo piso do centro da cidade

Para fazer face a todas as exigências em termos de limpeza do renovado centro urbano, a Câmara Municipal de Famalicão passa a contar com um novo equipamento, um Aspirador Urbano Elétrico.

Numa nota publicada nas redes sociais, a autarquia refere que este é um equipamento amigo do ambiente, com capacidade de armazenamento de 240 litros, apto para lavagens de manchas e sujidade, bem como aspiração de resíduos sólidos de pequena dimensão.

Famalicão: Ana Marinho vence prova em Espanha

Na manhã deste sábado, a atleta da Escola de Atletismo Rosa Oliveira venceu a décima primeira edição da Carreira Pola Praia, na Galiza.

Ana Marinho venceu a geral, cumprindo os 6kms na Praia América à frente de quatrocentos participantes e repete o triunfo da edição anterior.

Ainda da escola joanense Bruna Ortiga venceu em sub-23.

Rosa Oliveira foi a mais rápida entre as veteranas 55.

 

Chuva está de volta na terça-feira

A chuva estará de regresso na próxima terça-feira, avança a previsão do Instituto Português do Mar e da Atmosfera.

Ainda segundo o IPMA, até quinta-feira as temperaturas em Famalicão não deverão ultrapassar os 28 graus.

Terça-feira será o dia mais fresco da semana, com uma máxima de 22 graus.

Veja a previsão ao detalhe aqui

Continental: Pneus produzidos em Famalicão a partir de garrafas já começaram a ser vendidos

Já começaram a ser comercializados os pneus da Continental, produzidos na unidade de Vila Nova de Famalicão, a partir de garrafas de plástico.

A novidade foi anunciada pela empresa que refere que “desenvolveu a chamada tecnologia ContiRe.Tex, que permite substituir a totalidade do poliéster convencional no pneu e que está em produção em série desde abril de 2022. O novo material de alto desempenho já está disponível em algumas dimensões dos pneus PremiumContact 6 e EcoContact 6”.

Neste tipo de pneus o poliéster utilizado é fabricado a partir de garrafas de água e sumos de plástico PET.