OMS declara pandemia pelo novo coronavírus

Na conferência de imprensa, o doutor Tedros Adhanom Ghebreyesus, diretor da OMS, disse que a organização tem “analisado o este surto a toda a hora”, confessando que ele e os restantes membros se encontram “profundamente preocupados pelo níveis alarmantes da disseminação e a severidade, e também pelos níveis alarmantes de inação” no combate ao novo coronavírus.
Em causa está a multiplicação por 13 do número de casos de infeção fora da China, sendo que neste período de tempo o número de países afetados triplicou, havendo mais de 118 mil casos em 114 países e tendo morrido 4291 pessoas.
Por estas razões, disse Ghebreyesus, a OMS concluiu que “o covid-19 pode ser caracterizado como uma pandemia”.