O crescimento do jogo online em Portugal em tempo de crise

Desde 2018 que o mercado dos casinos online tem vindo a crescer a nível mundial e Portugal não foge à regra. Em 2020, a subida foi superior a 50% e no presente ano a subida é ainda superior. Contudo, o crescimento não é só no mundo virtual.

O mundo virtual cresce sem olhar para trás

Ao contrário dos casinos físicos, os casinos online não exigem deslocação. O que, principalmente face ao momento que atravessamos devido à pandemia, é um dos motivos do mercado crescer. Mas, perante factos, os casinos online têm vindo a crescer desde 2018 e não havia motivos de saúde em jogo. Ou seja, um mercado crescente por ser apelativo.

E, olhando para o cenário atual facilmente se percebe que quanto maior a procura, maior a oferta. Assim sendo, surgem novos casinos online a cada passo, o que faz com que as pessoas tenham mais por onde optar, mas também mais cuidados a ter.

O que oferece um casa de apostas online comparativamente às apostas físicas

As pessoas gostam de ter oportunidades e é no casino online que elas surgem. Na verdade, é um dos motivos do crescimento tão repentino e que tende a continuar. Nos casinos online as empresas oferecem diversas promoções e bónus de inscrição que apela ao jogo. Todavia, isso não acontece nos casinos físicos, o que é um fator essencial.

Ainda assim, a conveniência é o prato principal neste tipo de mercado. Mas, os casinos online têm uma diversidade de jogos que não se encontra em outro lado. Para além do mais, estas empresas oferecem a opção de jogar no telemóvel, o que torna tudo muito mais fácil e cómodo.

Diversão no contexto de jogo

Na verdade, a diversão é sempre algo que as pessoas procuram como hobby e a finalidade destas casas é essa, divertir! Contudo, um casino online não se remete a promover apenas diversão, mas também lucros e perdas. E, o avanço tecnológico é diário e os casinos não se deixam ficar para trás, oferecendo cada vez mais soluções de diversão que apelam ao contínuo aproveitamento do jogo.

Em Portugal, as pessoas cada vez estão mais informadas e atentas a este mercado e é notório que o risco do jogo cresça, mas pelos bons motivos. Afinal de contas, a publicidade é cada vez mais e já surge mesmo em, por exemplo, equipas de futebol, o que dá credibilidade ao mundo dos casinos online.

O crescimento não é imune à fiscalização

Mesmo num mercado de crescimento alastrado mundialmente, Portugal não se deixa levar por meios termos. Na verdade, a SRIJ (Regulação e Inspeção de Jogos) está em cima do acontecimento para não deixar os portugueses cometer erros. Afinal de contas, a segurança é necessária em qualquer mercado. Todavia, as empresas de jogo online tendem a ter equipas especializadas na segurança para que não falte nada aos utilizadores.

O vício e o anonimato

Nem tudo é um mar de rosas quando pensamos em jogos de sorte. E, o vício de muitas pessoas é um problema conhecido, mas que há sempre solução. Ainda assim, é preciso jogar com a cabeça e perceber quando devemos perceber que a diversão passou a ser uma obsessão. A pensar nisso mesmo, a entidade de regulação e inspeção de jogos apela à procura de ajuda no caso de se sentir viciado. Contudo, a culpa não parte dos casinos!

Outra grande vantagem no casino online é o anonimato. De facto, muitas pessoas não se querem deslocar a casinos físicos para não serem reconhecidas. Neste mercado online as pessoas sentem-se confortáveis pois não correm risco de alguém as conhecer.

Os novos casinos online

Contudo, como referido anteriormente, surgem cada vez mais casas de apostas online e nem todas as pessoas têm confiança nas mesmas. Todavia, é possível sempre verificar a fiabilidade das novas empresas junto da SRIJ, que deve ser o ponto inicial de qualquer pessoa interessada em jogar em online.