O cartão de cidadão vai passar a ser entregue sempre em casa

A medida existe desde setembro de 2020, com caráter temporário em virtude da pandemia, mas vai passar a definitiva, garante Anabela Pedroso, secretária de Estado da Justiça, em entrevista à RTP Internacional.

A secretária de Estado referiu, também, que a medida faz sentido enquanto durar o ciclo de cartões de cidadão com renovação a cinco anos, algo que termina no próximo ano, altura em que este documento passa a ter uma validade de dez anos para todos.

Deste modo, o modelo de entrega do cartão de cidadão ao domicílio será generalizado a todo o País, bem como a todas as comunidades portuguesas. Na mesma entrevista, Anabela Pedroso salientou o sucesso da medida que, desde setembro de 2020, já fez com que 350 mil cartões fossem entregues nas casas dos respetivos titulares.