«Nos próximos 15 dias, é preciso manter tudo, tudo como tem sido até agora»

António Costa, anunciou, esta sexta-feira, que as restrições mantêm-se por mais 15 dias e que o plano de desconfinamento será anunciado a 11 de março, sendo que as escolas serão as primeiras a abrir.

«Devemos persistir nos próximos dias para melhorar. E ainda há muito para melhorar. Percebo a ansiedade de todos em ver uma luzinha ao fundo do confinamento, mas não queria contribuir para criar qualquer tipo de ilusão. Nos próximos 15 dias, é preciso manter tudo, tudo, tudo como tem sido até agora», avisou o primeiro-ministro.

«Temos que evitar a todo o custo que tenhamos que andar para trás» e, nesse sentido, António Costa pede «muito cuidado. Não podemos correr riscos. Temos controlado bem as variantes, mas ninguém poderá garantir que daqui para o futuro não haverá novas variantes», alertou.