«No Famalicão jogamos sempre com mais do que onze»

Na mensagem de Natal que dirigiu a todos os sócios e adeptos do FC Famalicão, Miguel Ribeiro, presidente da SAD, assume que «a ausência de público não tem contribuído para a afirmação do clube e bloqueou o nosso crescer».

A pandemia trouxe uma nova realidade «que limita muito o desempenho que gostaríamos de ter» e, por isso, a ausência dos famalicenses nas bancadas é uma dificuldade acrescida, porque «no Famalicão jogamos sempre com mais do que onze. Espero que em breve possamos estar juntos para celebrarmos as vitórias do FC Famalicão», frisa Miguel Ribeiro.

Apesar de uma época atípica, com a equipa distante dos patamares que exibiu na temporada passada, o dirigente mantém a meta de «colocar o Famalicão no topo, um clube cada vez maior, mas este não é um processo fácil. Exige compromisso, paixão, sacrifício, trabalho e muito apoio».