F.C.Famalicão

Na inauguração da Academia todos pediram o Famalicão na 1.ª Liga

O maior investimento do FC Famalicão, ao cabo de mais de 86 anos de vida, está inaugurado. A Academia FC Famalicão vai passar a receber os mais de 350 jovens do clube e se os méritos do projeto e a aposta na formação foram amplamente elogiados na manhã deste sábado, não é menos verdade que todos os discursos tiveram, também, como tónica dominante a vontade e o sonho de elevar a equipa sénior ao patamar maior do futebol nacional.

Perante centenas de atletas e muitos adeptos, Jorge Silva, muitas vezes emocionado, falou de um projeto que é para todos e da «semente que está lançada à terra» para que o FC Famalicão «se afirme entre os grandes».

O presidente da Câmara Municipal vê na Academia «valor e qualidade» e elogiou a postura da direção que «colocou no topo das prioridades o que deve estar no topo: a formação». Também Paulo Cunha quer o FC Famalicão na I Liga, «mas de forma sustentada e duradoura» e a inauguração do novo espaço «é um passo importante para essa sustentabilidade» que deseja.

Uma plateia entusiasta ouviu, ainda, o presidente da Associação de Futebol de Braga. Manuel Machado falou do clube como uma referência distrital e nacional «com uma base social de apoio como muito poucos têm. A AF Braga precisa do FC Famalicão na 1.ª Liga, mas os seus adeptos e o concelho precisam ainda mais», considerou o dirigente.

«A aposta na formação é o único caminho da sustentabilidade», atirou Pedro Proença. O líder da Liga Portugal assumiu, mesmo, que «se o Famalicão, com esta envolvência, não chega à 1.ª Liga, nenhum outro o conseguirá», enquanto que Hermínio Loureiro vaticinou que «o futuro do FC Famalicão é prometedor». O vice-presidente da Federação Portuguesa de Futebol elogiou, ainda, «o caminho da excelência que o FC Famalicão está a percorrer».

A Academia FC Famalicão é constituída por três relvados de piso sintético, balneários para 12 equipas, espaços de estudo, de lazer, loja do clube, gabinetes técnicos, ginásio, auditório e residência para jogadores. A Academia FC Famalicão começou a ser construída a 3 de junho de 2017, um investimento de 1 milhão e 300 mil euros.

A Cidade Hoje foi o primeiro órgão de comunicação social a visitar as novas instalações. Veja as entrevistas, conheça a Academia em: www.cidadehoje.pt

Previous post

A singularidade de Gil Heitor Cortesão na Ala da Frente

Next post

ASAE apreende água não potável engarrafada e a ser vendida como de marca

Cidade Hoje