Município de Famalicão no caminho do desenvolvimento sustentável

Município de Famalicão no caminho do desenvolvimento sustentável

O Município de Famalicão quer cumprir os 17 objetivos de Desenvolvimento Sustentável fixados pela ONU para cumprir até 2030. Por isso, apresentou um documento, intitulado “Relatório de Sustentabilidade e Responsabilidade Social”, que serve de ponto de partida para esse objetivo.

O documento foi apresentado na segunda-feira, no Centro de Estudos Camilianos, em Seide. Acompanharam esta apresentação alguns empresários e dirigentes de instituições, além do presidente da Câmara Municipal de Famalicão.

Esta iniciativa incluiu, ainda, uma palestra pelo diretor da Cooperação para o Desenvolvimento da OCDE (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico), Jorge Moreira da Silva. O famalicense elogiou o município por lançar políticas com preocupação ambiental e social, sem descurar a questão económica. O ex-ministro do Ambiente Ordenamento do Território e Energia de Passos Coelho, defendeu que cada um (cidadãos, autarquias, governo) deve cumprir o seu papel na conquista de um planeta mais sustentável, sem hipotecar as futuras gerações.

O presidente da Câmara Municipal de Famalicão, Paulo Cunha, afirmou que este documento é um ponto de partida e dá um «sinal inequívoco à comunidade do trabalho que tem vindo a ser desenvolvido e daquilo que virá. São intervenções, algumas já realizadas, outras em curso e outras projetadas, que, no conjunto e em termos globais, pretendem dar um contributo claro e evidente de Famalicão para um objetivo que é global».

Most Popular Topics

Editor Picks