Mercadona aumenta salário de funcionários em 2,7%

O Comité de Direção da Mercadona definiu o aumento, em 2,7%, do salário de toda a sua equipa para garantir o poder aquisitivo das 2.300 pessoas que compõem a Mercadona em Portugal.

A empresa, que tem um espaço comercial em Famalicão, regista que a medida é adotada num momento complexo, mas essencial «para as pessoas que fazem parte da Mercadona, porque são o melhor ativo para os clientes». Quanto mais satisfazem os “Chefes”, como internamente a empresa designa os seus clientes, «mais a Mercadona avança»,

Todos os colaboradores têm contrato efetivo desde o primeiro dia e passam por 5 escalões, o que corresponde a aproximadamente os primeiros 5 anos de empresa, sendo que de escalão para escalão têm um aumento salarial de 11%.

A Mercadona promove, desde há muitos anos, uma política de Recursos Humanos pioneira no setor, que assegura a conciliação, formação e desenvolvimento pessoal e profissional de todos os que fazem parte da sua equipa. Com este aumento salarial, a Mercadona reforça o compromisso com o emprego estável e de qualidade que a empresa vem pondo em prática há mais de 25 anos, quando decidiu iniciar o processo de tornar efetivos todos os seus colaboradores.

Mercadona participa na recolha de alimentos do Banco Alimentar contra a Fome

A Mercadona associa-se, uma vez mais, à campanha recolha de alimentos organizada pelo Banco Alimentar Contra a Fome, que começou esta sexta-feira e termina a 5 de junho. A empresa coloca à disposição desta campanha todos os seus pontos de venda nos distritos onde está presente, no Porto, Braga, Aveiro e Viana do Castelo.

A Mercadona colabora nesta iniciativa social com o compromisso de motivar os clientes a participar nesta grande campanha solidária, que consiste na doação monetária, em múltiplos de 1€, que pode ser efetuada nas caixas de pagamento no momento da compra. As quantidades doadas serão convertidas em alimentos pela Mercadona e entregues aos respetivos bancos alimentares, chegando, assim, a quem mais precisa.

Isabel Jonet, presidente da Federação Portuguesa dos Bancos Alimentares Contra a Fome, destaca que «o apoio da Mercadona aos Bancos Alimentares que, na campanha de recolha se intensifica pela mobilização dos clientes para a luta contra a fome, é muito importante e revela elevada responsabilidade social e preocupação com os mais carenciados das comunidades em que as lojas estão implantadas».

Em 2021, a empresa doou 1.400 toneladas de alimentos e produtos de primeira necessidade a cantinas sociais, bancos alimentares e outras entidades sociais de Portugal, que correspondem a 23.300 carrinhos de compra. A Mercadona colabora em Portugal com 30 cantinas sociais e 4 bancos alimentares entre outras instituições que recebem diariamente doações para apoiar pessoas que se encontram em situações de carência.

Famalicão: iTechStyle Awards premeiam Louropel na categoria “Acessórios”

A Louropel, empresa de produção de botões de Vila Nova de Famalicão, foi galardoada na categoria “Acessórios”, que premeia a qualidade e inovação do produto da empresa com sede no Louro. A distinção foi entregue na noite desta quinta-feira no decurso da Conferência Internacional do Têxtil e Vestuário – iTechStyle Summit, que está a decorrer até esta sexta-feira, no Terminal de Cruzeiros do Porto de Leixões.

Organizado pelo CITEVE – Centro Tecnológico das Indústrias Têxtil e do Vestuário de Portugal com o apoio do Município de Famalicão – Cidade Têxtil, no iTechStyle Summit têm sido debatidas as tendências atuais, estratégias, oportunidades e desafios com foco em áreas como a sustentabilidade e economia circular, digitalização e indústria 4.0, performance e saúde e bem-estar, com académicos e empresários a partilharem e aprofundarem contributos para o futuro do têxtil e vestuário.

«O CITEVE, a partir de Famalicão, tem promovido uma trajetória de evolução do setor e contribuído de forma decisiva para contrariar aquela ideia de que o têxtil em Portugal teria os dias contados. Esta conferência, que tem como temática a sustentabilidade, é um bom exemplo desta permanente atenção e adaptação do setor à economia global» disse o presidente da Câmara de Famalicão, Mário Passos, no decorrer do jantar de Gala de atribuição dos iTechStyle Awards.

Famalicão: Feira do Empreendedorismo abre na tarde desta sexta-feira

O empreendedorismo famalicense vai mostrar-se, esta sexta-feira e sábado, no centro da cidade. A Feira do Empreendedorismo vai ocupar o espaço da Praça D. Maria II com um conjunto de empresas e marcas que vão dar a conhecer as suas ideias empreendedoras, novos conceitos de negócio e produtos inovadores. O certame abre às 15 horas desta sexta-feira, com a presença de Mário Passos, presidente da Câmara Municipal.

O espaço servirá, também, para o debate e discussão entre empreendedores, jovens, parceiros e investidores. É o que vai acontecer com o encontro que se realiza no primeiro dia sobre “O Futuro das Startups”, no auditório da Fundação Cupertino de Miranda, a partir das 17h00, e que tem como oradores Francine Beleyi, especialista em gestão de marca e estratégia digital, Pedro Rodrigues, docente universitário e especializado em marketing estratégico, Bruno Silva, coach e consultor e Teresa Dieguez, especialista em estratégia e empreendedorismo.

O evento tem inscrição gratuita, mas está sujeito a inscrição que pode ser feita em www.famalicaomadein.pt

Famalicão: Mário Passos pede mais investimento em acessibilidades para reforçar capacidade exportadora das empresas

O presidente da Câmara Municipal reclamou mais e melhores acessibilidades para sustentar «a grande capacidade exportadora do tecido industrial do concelho e da região» e apontou como exemplo a necessidade de uma nova ligação ao concelho vizinho de Santo Tirso, que substitua a travessia existente da ponte da Lagoncinha, em Lousado.

A reivindicação foi lançada esta quarta-feira, no Terminal do Porto de Leixões, durante a iTechStyle Summit, Conferência Internacional do Têxtil e Vestuário, que reúne um conjunto de players do setor, académicos, investigadores, clusters e agentes de todo o mundo. Aproveitando a presença do Secretário de Estado da Economia, João Neves, Mário Passos lembrou que o contributo de Famalicão para a balança comercial nacional regista um superavit de mais de 1000 milhões de euros «e temos a convicção de que com melhores acessibilidades as nossas empresas seriam capazes de criar ainda maior riqueza para o país». O autarca deu, então, como exemplo «a pequena travessia sobre o rio Ave, em Lousado, de ligação ao concelho de Santo Tirso, que está estrangulada na ponte romana da Lagoncinha».

O edil lançou o repto ao Governo para que «neste início de mandato olhe para este território que, com as suas empresas, quer evoluir, ser competitivo, na certeza que com o investimento Portugal sai a ganhar». De resto, Mário Passos garantiu a João Neves que «encontrará na Câmara Municipal um parceiro sempre disponível para ajudar a desenvolver as políticas públicas acertadas e ajustadas às necessidades do território».

Famalicão: Forave entre os finalistas do Prémio Energy Up da Galp

A Forave – Escola Profissional Tecnológica do Vale do Ave é uma das finalistas da edição de 2022 do Prémio Energy Up, competição em que a Fundação Galp distingue, anualmente, os projetos escolares que promovam consumos energéticos mais eficientes e a mobilidade sustentável.

São dez as finalistas e a escola vencedora do “Grande Prémio” terá direito à instalação de painéis solares da Galp Solar até um valor de 20 mil euros. Os outros prémios, distribuídos por nível de escolaridade, oscilam entre os 1.000 e os 250 euros para financiamento dos respetivos projetos, em tickets de educação para o agrupamento escolar.

A Forave foi selecionada pelo projeto “Árvore Tecnológica”, que consiste na instalação de uma ‘árvore’ de painéis solares, junto da estação de comboios e do museu ferroviário de Lousado, de forma a disponibilizar aos transeuntes um ponto de carregamento dos seus dispositivos elétricos, sem encargos financeiros. A árvore foi inaugurada a 25 de março de 2022 e o projeto prevê a instalação de mais “árvores” por diversos pontos do concelho.

A cerimónia para o anúncio dos vencedores da edição de 2022 do prémio Energy Up – bem como a entrega dos prémios – está agendada para o dia 2 de junho, no Pavilhão do Conhecimento, em Lisboa.

Falha técnica impede registo dos Jogos Santa Casa

Os terminais dos mediadores dos Jogos Santa Casa espalhados pelo país continuam em baixo «devido a uma falha técnica no data center», o que tem impedido o registo de jogos da sorte.

Segundo a Santa Casa da Misericórdia de Lisboa, responsável pela gestão dos jogos sociais do Estado, a falha técnica já foi solucionada na aplicação móvel e no portal dos Jogos Santa Casa, contudo ainda não é possível fazer apostas nos terminais de centenas de mediadores espalhados pelo país.

Está descartada a possibilidade de se tratar de um ataque informático.