Mário Passos é o candidato pela coligação PSD-CDS à Câmara de Famalicão, Paulo Cunha está de saída

Mário Passos é o candidato da coligação PSD-CDS à Câmara de Famalicão.

A informação tem sido veiculada junto dos círculos políticos e ganha agora novos contornos, com a marcação de uma reunião este domingo, na Casa das Artes de Famalicão, onde o atual presidente, Paulo Cunha, explicará a decisão de não se voltar a candidatar e será oficializado o novo candidato.

Mário Passos é o nome mais forte, está ao serviço da autarquia desde o ano de 2005. Atualmente desempenha funções como vereador de pelouros que dão grande visibilidade e proximidade à comunidade (associativismo, freguesias e desporto).

Recorde-se que no dia 19 de abril, na assinatura formal do acordo eleitoral entre PSD e CDS, quer Paulo Cunha, quer Ricardo Mendes, presidentes das respetivas concelhias, não avançaram com nomes de possíveis candidatos. Depois deste ato ganhou forma a possibilidade de Paulo Cunha não ser candidato a um terceiro mandato, e começou a surgir o nome quer de Mário Passos, quer mesmo de Augusto Lima, vereador da economia e empreendedorismo.

Internamente o PSD vai dizendo aos militantes que ainda não está fora de tempo a apresentação do candidato à Câmara Municipal, dado que a coligação tem por hábito fazer a apresentação formal do candidato nos meses junho ou julho de ano autárquico.

As eleições realizam-se entre os meses de setembro e outubro.