Joane: Vítima ficou com “100% do corpo queimado”, helicóptero do INEM estava indisponível

Ficou com 100% do corpo queimado a mulher, de 65 anos, vítima de uma explosão seguida de incêndio que ocorreu nesta segunda-feira.

A situação aconteceu na casa onde a vítima reside, na vila de Joane. As primeiras diligências apontam para que a explosão tenha sido provocada por uma fuga de gás, na cozinha da residência.

A mulher foi assistida momentos após a explosão por agentes da GNR, mais tarde auxiliados pelos B.V.Famalicenses e pela VMER da unidade de Famalicão do Centro Hospitalar do Médio Ave.

Devido à gravidade dos ferimentos, foi requisitado para o local um helicóptero, que iria assegurar o transporte da vítima para o Hospital de Coimbra, contudo, tal não chegou a acontecer por indisponibilidade do meio.

O ferido grave acabou por ser levado de urgência para o Hospital de S.João, no Porto, encontrando-se com prognóstico muito reservado.

[Atualização] Em comunicado, o Instituto Nacional de Emergência Médica veio negar a indisponibilidade do helicóptero

INEM nega indisponibilidade de helicóptero para transportar vítima de Joane

Famalicão: Paulo Cunha é vice presidente do PSD

O ex-presidente da Câmara Municipal é dos vice presidentes da nova comissão política nacional do PSD, liderada por Luís Montenegro.

O partido está reunido em Congresso, no Porto, reunião magna que termina este domingo. Paulo Cunha, que desde a primeira hora apoiou Montenegro, fará parte da direção permanente do partido. O próprio confirmou a Cidade Hoje.

O famalicense é, também, o atual líder da distrital, cujo mandato termina este mês. Não se sabe ainda qual a sua decisão sobre a recandidatura.

Famalicão: Ana Azevedo é a capitã da seleção nacional que está na final do europeu de futsal

A seleção nacional de futsal está na final do europeu, depois da goleada, 6-0, imposta, na noite desta sexta feira, à Hungria.

A famalicense Ana Azevedo é a capitã da formação nacional que este domingo, às 18 horas, defronta a Espanha. A final da competição joga-se no multiusos de Gondomar.

Ana Azevedo foi chamada pela primeira vez em 2010 e, desde então, acumula mais de 100 internacionalizações ao serviço de Portugal.

Ana Azevedo nasceu para o futsal na Aderm, de Mogege, prosseguindo a carreira no FC Vermoim, clube que representou durante 16 épocas.

No final da temporada passada, o emblema de Vermoim anunciou o fim da equipa sénior e Ana Azevedo, uma das melhores jogadoras nacionais de sempre, cedo encontrou pretendentes. Vai jogar no Santa Luzia.

Famalicão vence primeiro jogo de preparação

No primeiro jogo de preparação para a época 2022-2023, o FC Famalicão venceu, por 3-0.

Tendo pela frente a equipa de sub-23, o conjunto orientado por Rui Pedro Silva levou a melhor, com golos de Heriberto Tavares, Iván Jaime e um auto-golo. O encontro decorreu na manhã deste sábado. Este domingo é dia de descanso para o plantel que regressa ao trabalho segunda feira.

Foto FC Famalicão

Rute Costa deixa o Famalicão e assina pelo Benfica

A guarda redes internacional portuguesa, que vai estar no Euro 2022, e que representou o Famalicão nas duas últimas épocas, assinou com o campeão nacional Benfica.

Esta temporada, fez 25 jogos pela equipa famalicense. Aos 28 anos, dá «o passo mais importante» da carreira, como frisou ao site do Benfica. A guardiã assinou um contrato de duas épocas.

 

Foto: SL Benfica

Bombeiros de Riba d’Ave fazem hoje 72 anos

A Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Riba de Ave celebra, este sábado, o 72.º aniversário.

As cerimónias começam às 16h30, com a receção às entidades convidadas, segue-se a imposição de condecorações e a inauguração de viaturas.

A sessão solene está marcada para as 18 horas, terminando o aniversário com um verde de honra.

Hospital de Famalicão não antevê situações de rutura na Urgência de Obstetrícia

O Hospital de Vila Nova de Famalicão não tem registado “um acréscimo significativo” de afluência à urgência de Ginecologia e Obstetrícia na sequência dos encerramentos temporários daquele serviço no Hospital de Braga.

Em resposta enviada à Lusa, o Hospital de Famalicão diz ainda que não antevê “situações de rutura”.

“Não tem havido constrangimentos até à data nem acréscimo significativo, pelo que não antevemos situações de rutura”, refere a resposta.

O Serviço de Urgência de Ginecologia e Obstetrícia do Hospital de Braga estará encerrado desde as 08:00 de domingo até às 08:00 de segunda-feira, por impossibilidade de se completarem as escalas de trabalho necessárias, foi hoje anunciado.

Nas últimas duas semanas, esta será já a quinta vez que aquelas urgências encerram, por períodos de 24 horas.

Em caso de Urgência, o Hospital de Braga pede aos utentes para contactarem a Linha SNS 24 – 808 24 24 24 e se dirijam a um dos outros hospitais da região, nomeadamente aqueles que têm apoio da especialidade de Ginecologia e Obstetrícia, entre os quais Guimarães, Vila Nova de Famalicão e Viana do Castelo.

Em casos de maior complexidade, os utentes “devem dirigir-se” ao Centro Hospitalar de São João, no Porto.