Concelho

Joane: PJ detém mulher que terá incendiado apartamento “num aparente quadro de desequilíbrio mental”

Uma mulher de 24 anos, indiciada pela prática do crime de incêndio urbano, foi detida pela Polícia Judiciária.

Os factos terão ocorrido na vila de Joane, quando a alegada criminosa chegou fogo a várias objetos que se encontravam no interior de um apartamento.

O incêndio, embora que rapidamente controlado por bombeiros e populares, destruiu parte da habitação e colocou em perigo a vizinhança.

Em comunicado, a PJ refere que o fogo terá sido provocado pela desempregada “num aparente quadro de desequilíbrio mental”.

A mulher já foi ouvida em primeiro interrogatório judicial, encontra-se a cumprir as medidas de coação: apresentações periódicas e tratamento numa clínica especializada.

 

Previous post

Jogos de tabuleiro na Casa da Juventude

Next post

Nehuén Pérez é nome de mais um reforço

Cidade Hoje