Concelho

Isenções fiscais em Famalicão para quem criar mais emprego

O Regulamento dos Projetos de Investimento de Interesse Municipal (designado projetos Made 2IN), do município de Famalicão, foi alterado e passa a valorizar mais o número de postos de trabalho criados do que o volume de investimento.

O documento já tinha sido aprovado pela Câmara e pela Assembleia Municipal e foi agora publicado em Diário da República.

Até aqui, o número de postos de trabalho criados valia 20%, agora sobe para 40% e o volume de investimento deixa de ser o critério com maior peso.

Nas alterações propostas, passa também a valorizar-se a celebração de contratos de trabalho por tempo indeterminado, quando antes não era feita qualquer distinção entre contratos com e sem termo, e as empresas que melhorem a sua massa salarial anual total.

Previous post

Didáxis de S. Cosme fecha e coloca alunos em Riba de Ave

Next post

As "novas" Escolas Conde S. Cosme e de Riba de Ave reabrem no terceiro período

Cidade Hoje