País

IPCA abre portas a mais de mil alunos do secundário

O Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA) abre as suas portas nos dias 9 e 10 de maio a centenas de estudantes do ensino secundário da região para participarem nas atividades do Open IPCA 2018.

Durante estes dois dias os participantes no Open IPCA 2018 vão viver de perto o ambiente de ensino, da investigação, a vida académica e ficar a conhecer a oferta formativa e as saídas profissionais dos cursos que o IPCA oferece, assim como esclarecer dúvidas sobre o processo de candidatura ao Ensino Superior, no caso das licenciaturas e dos Cursos Técnicos Superiores Profissionais.

Esta edição conta com a participação de escolas secundárias dos distritos de Braga, Porto e Viana do Castelo. Os visitantes vão ter a oportunidade de conhecer um Campus Verde, Seguro e Saudável ao longo das mais de trinta atividades organizadas pelas quatro escolas do IPCA.

Acompanhados pelos seus professores, os participantes vão ter a oportunidade de ser recebidos pelos grupos académicos do IPCA e interagirem com a comunidade estudantil que, além de os ajudar na realização das atividades vão também dar o seu testemunho e esclarecer dúvidas sobre o que é ser estudante no IPCA.

A Presidente da Comissão Organizadora do Open IPCA, Paula Loureiro, lembra que o ano passado o IPCA recebeu “cerca de 1000 estudantes do Ensino Secundário, nos dois dias. Este ano temos mais novidades, estamos à espera de superar as expetativas. As escolas estão a trabalhar em sintonia e os visitantes vão ficar a conhecer melhor o Campus e o que o IPCA tem para lhes oferecer”.

Entre as várias atrações e atividades a realizar, destaque para a possibilidade de pilotar um Drone, programar um Sphero numa pista todo o terreno, jogar ao Twister e à Torre da Esparguete, fazer atividades radicais como slide e Stackline, e até ter Workshop´s de impressão 3D e demonstração do processo de pós-produção vídeo da saga Star Wars. Será certamente uma experiência única no Campus do IPCA.

Previous post

Starbucks abre loja na região

Next post

Caminhada pelos direitos das crianças no 1.º de Maio em Famalicão

Cidade Hoje