Início de Julgamento: Loja de guloseimas em Joane usada para tráfico de droga

Começou, no Tribunal de Braga, o julgamento de um homem acusado de traficar droga perto de uma escola em Joane.

O arguido, de 52 anos, admitiu, esta segunda-feira, que fez «asneiras» ao traficar droga a partir de uma loja de guloseimas, que era explorada pelo seu filho. Um estabelecimento comercial que ficava junto a uma escola de Joane.

Em Tribunal, o homem mostrou-se arrependido e disse ter «vergonha do que fiz».

O arguido confessou que ele e a esposa atravessavam dificuldades financeiras e que também não andava bem devido a problemas de saúde.

O tráfico terá ocorrido desde o início de 2016 até março de 2017, quando foi detido pela GNR. Nessa altura, o Núcleo de Investigação Criminal da GNR de Barcelos efetuou quatro buscas domiciliárias e uma a um estabelecimento comercial.

Foram apreendidas 1500 doses de haxixe e 900 euros em dinheiro.

No processo, é também arguido um outro indivíduo, que não compareceu ao julgamento.

Most Popular Topics

Editor Picks