Iniciativa Liberal de Famalicão propõe que a Câmara Municipal abdique dos 5% de IRS

Para apoiar as famílias e estimular a economia local a Iniciativa Liberal de Famalicão defende que a Câmara Municipal deve abdicar dos 5% de IRS

Com esta medida, a IL acredita que será possível aos famalicenses manterem os seus rendimentos nos tempos de incerteza económica que se avizinham. Já a perda orçamental resultante desta medida «deverá ser compensada por uma redução da despesa autárquica de igual valor», defende.

A Iniciativa Liberal de Famalicão assume-se como “Provedor do Munícipe”, alertando para a necessidade do Município «ser mais rigoroso na despesa de modo a não prejudicar os rendimentos dos famalicenses obrigando-os ao pagamento de impostos excessivos e desnecessários». Em comunicado, o partido diz que está a trabalhar noutras propostas com o mesmo objetivo: «reduzir a tirania fiscal junto dos contribuintes de Vila Nova de Famalicão».