INE dá conta de uma queda de 7,6% na economia portuguesa no ano de 2020

Segundo a estimativa do Instituto Nacional de Estatística (INE), divulgada esta terça-feira, a pandemia provocou uma queda de 7,6% na economia portuguesa em 2020 face ao ano anterior.

A última previsão do Governo feita em outubro apontava para uma contração anual de 8,5%, mas o ministro das Finanças, João Leão, já tinha admitido que o desempenho do PIB tinha sido melhor. Para este resultado contribuiu o desempenho mais forte do quarto trimestre face ao antecipado, continuando a recuperação económica.

Tanto a procura interna, por causa da queda do consumo privado, como a procura externa líquida, devido à quebra das exportações de turismo, deram um contributo negativo para o PIB de 2020, em comparação com o de 2019.