Gustavo Assunção perdeu familiar uma hora antes do jogo com o Benfica

No final do jogo da noite desta quinta-feira, que terminou empatado a um golo, João Pedro Sousa, treinador do Famalicão, dirigiu as primeira palavras a Gustavo Assunção.

O jovem médio do Famalicão soube, uma hora antes do jogo, do falecimento de uma familiar próximo, mas não deixou de ser titular contra o Benfica

O treinador manifestou ao jogador e família a solidariedade do grupo de trabalho. «Ver um miúdo de 19 anos a dar uma resposta desta, após um acontecimento destes, só posso dizer que é uma máquina. Estamos triste por ele, mas fica aqui um abraço solidário»