Concelho

Groove Monsterz de novo nas finais mundiais

Pelo terceiro ano consecutivo, a Groove Monsterz vai competir nas finais mundiais, que decorrem em Phoenix, nos Estado Unidos da América, de 5 a 10 de agosto. Esta participação, de três equipas, resulta da sua prestação nas finais nacionais do HipHop Internacional, que decorreram, recentemente na Maia.

Para que a participação nas finais mundiais seja possível a escola e familiares estão a mobilizar-se, através de inúmeras atividades, para angariar os fundos necessários para realizar o sonho da representação nacional, pelo terceiro ano consecutivo.

Relembre-se que, em edições passadas do Campeonato do Mundo, a Groove Spot superou os objetivos propostos, tendo na sua posse a melhor classificação nacional de uma equipa sub 13 (Lil´Monsterz em 2017) e de uma equipa sub 18 (Gm Jr Team em 2018). O objetivo deste ano é melhorar estes resultados e tentar alcançar um lugar entre as oito melhores escolas mundiais, algo inédito numa equipa europeia.

Na Maia, a escola conseguiu um segundo lugar em Varsity e Adult e o quarto lugar na categoria Varsity. A Groove Spot, que tinha classificado todas as suas equipas no Regional de fevereiro, apresentou-se nas meias-finais, do dia 11 de maio, com 9 equipas, tendo 7 conseguido um lugar nas finais que decorreram no dia 12, das quais as equipas Groove Monsterz conseguiriam um 2º lugar Varsity e Adult um 4º na categoria Varsity, o que resulta na possibilidade de representar Portugal e Vila Nova de Famalicão em Phoenix.

Este é um culminar «de uma longa temporada de treinos e sacrifícios pessoais de bailarinos, coordenadores e familiares, que veem uma escola e um município, que está fora dos grandes centros urbanos, a conseguir ombrear com entidades com recursos superiores», refere João Marques, coordenador Groove Spot.

Previous post

Baixos rendimentos, desemprego e doença levam famílias a pedir apoio para pagar a renda

Next post

Homenagem a quem ajudou a nascer

Cidade Hoje