Greve dos Oficiais de Justiça até sexta-feira

Os oficiais de justiça iniciaram esta quarta-feira uma greve que se prolonga até sexta-feira. Segundo o Sindicato dos Oficiais de Justiça (SOJ), a razão é que o Governo não cumpriu a lei que previa um novo estatuto profissional até fim de julho.

O SOJ refere que o Governo «encontrou sempre razões instrumentais para não cumprir com as suas obrigações legais», ao contrário do que aconteceu com juízes e magistrados do Ministério Público que já tiveram revisões estatutárias das carreiras.

O Sindicato diz que a greve foi o recurso necessário para demonstrar a indignação dos oficiais de justiça, que atualmente são 7.200 profissionais.

Esta greve tem o “apoio inequívoco” do Sindicato dos Funcionários Judiciais.