Greve do pessoal não docente paralisa escolas de Famalicão 8

Greve do pessoal não docente paralisa escolas de Famalicão 9

Os trabalhadores não docentes estão, até ao final desta sexta-feira, em greve para exigir a integração dos vínculos precários, uma carreira específica e meios suficientes assegurar para o bom funcionamento das escolas.

Em Famalicão foram algumas as escolas que se viram obrigadas a dispensar os alunos e a fechar serviços por falta de funcionários.

  • Na E.B. 2,3 Júlio Brandão não há aulas para os alunos do 5º, 6º, 7º e 8º anos.
  • Na E.B. 2,3 de Ribeirão serviços como a reprografia e biblioteca estão encerrados, uma situação que se repete por várias escolas do concelho.

A Cidade Hoje tentou entrar em contacto sem sucesso com o Agrupamento de Escolas Padre Benjamim Salgado e D.Maria II.

Most Popular Topics

Editor Picks