Greve da função pública deixa alunos em casa

A greve da função pública está a afetar o funcionamento de várias escolas do concelho. No agrupamento de escolas Camilo Castelo Branco, a escola sede e a Júlio Brandão, estão encerradas. As restantes escolas sede de agrupamento, D. Sancho, Ribeirão, Pedome, Padre Benjamim Salgado e D. Maria II estão abertas, embora haja registos de professores e auxiliares que aderiram à greve.

Ao nível do primeiro ciclo, acontece o mesmo. Ou seja, há também algumas escolas encerradas por falta de professores e auxiliares.