Concelho

Grande Mestre Xadrez Cubano Stanley Martinez vencedor

Decorreu, entre 29 de julho e 4 de agosto, na Biblioteca Municipal Camilo Castelo Branco, em Vila Nova de Famalicão, o VI Torneio Internacional Cidade de Famalicão, organizado pelo Clube de Xadrez A2D em parceria com a Associação de Xadrez do Distrito de Braga e com o apoio da Associação de Pais e Encarregados de Educação da Didáxis, Cooperativa de Ensino da Didáxis, Associação Académica da Didáxis, Federação Portuguesa de Xadrez e Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão. O Diretor do Torneio foi o Mário Oliveira, Coordenador do CX A2D, e a arbitragem esteve a cargo de Carlos Dias, Presidente da AXDB, contando com o apoio do Árbitro Internacional Paulo Rocha e de Alzira Silva.

Este Torneio Internacional contou com a participação de 121 atletas, representantes de 12 países: Argentina, Bélgica, Brasil, Bulgária, Canadá, Cuba, Espanha, Estados Unidos, França, Grécia, Israel e Portugal, entre os quais 21 eram Mestres de Xadrez. O VI TICF encerrou o Circuito Nacional de Clássicas da FPX que incluiu a realização de 6 Torneios Internacionais de Xadrez. Com um total de 3000€ de prémios em jogo, o grande aliciante nesta edição consistiu na realização de 9 sessões, possibilitando a obtenção de normas de Mestre Internacional de Xadrez e a respetiva subida hierárquica no ranking mundial da Federação Internacional de Xadrez. A 9ª e última sessão contou com o comentário das partidas de Xadrez transmitidas em direto pelo GM Jorge Ferreira, nº 1 do Xadrez Nacional, e Luís Romano, atleta da Equipa A do CX A2D. Esta iniciativa foi transmitidas no Canal de Xadrez twitch.tv/thinkingchess e permitiu a todos os entusiastas do “jogo das 64 casas” uma visão e compreensão técnica das emoções vividas nas partidas que decidiram o topo da classificação absoluta até ao cair da seta de cada relógio.

O grande vencedor foi o Grande Mestre de Xadrez cubano Stanley Martinez, cabeça de série nº2, que alcançou 7,5 pontos em 9 jogos e obteve um prémio de 900 euros. Na sua quarta participação (2013, 2015, 2016, 2018) o GM cubano manteve o pleno de vitórias ao alcançar o 4º título do TICF. A meio ponto da liderança classificaram-se 5 atletas ordenados do seguinte modo, pelos critérios de desempate: em 2º e 3º lugares classificaram-se, respetivamente, o Grande Mestre canadiano Kevin Spraggett (AX Portugal, prémio de 650 euros) e o GM búlgaro Vladimir Petkov (AX Gaia, prémio de 450 euros); em 4º e 5º lugares posicionaram-se, respetivamente, o GM português Luís Galego (Assembleia Figueirense, prémio de 350 euros) e o MI húngaro Gabor Nagy (GD Dias Ferreira, prémio de 250 euros); o MI Rui Dâmaso (AXAT, prémio de 60 euros) alcançou o 6º lugar. A grande vencedora feminina foi a Mestre cubana do GDDF, WIM Yanela Moreno, alcançando o 18º lugar absoluto com 6 pontos. Os restantes premiados por escalões foram o GM Kevin Spraggett (AX Portugal), MN Ivo Dias (Sub-20, CX A2D), André Sousa (Sub-18, GDDF), Tomás Machado (Sub-16, AP Montijo), Pedro Gil Silva (Sub-14, CP Ronfe), Lucas Gonçalves (Sub-12, Ginásio Louriçal), Daniel Silva (Sub-10, AX Gaia) e Gustavo Filipe (Sub-08, EX Porto). Neste Torneio foram também premiados com 25 euros os melhores classificados por categoria ELO: 1º lugar Sub-2200-MN Paulo Pinho (Amigos Urgeses); 1º lugar Sub-2000-Levi Netanel (Assembleia Figueirense); 1º lugar Sub-1800- Sergey Demyanchuck (CX Braga) e 1º lugar Sub-1500-Vitor Carvalho (CX A2D).

A cerimónia de encerramento teve o privilégio de contar com a presença de Inês Barros, aluna finalista do Curso de Artes Visuais do Ensino Secundário. A jovem artista famalicense aspira uma carreira na área do design gráfico e foi com muito orgulho que a organização do VI TICF recebeu três desenhos da sua autoria. O desenho do logotipo do TICF foi sorteado entre os atletas participantes e o grande vencedor foi José João Pinto (CX A2D). Também a nível individual e coletivo foram homenageados o MF Luís Silva e o Clube de Xadrez A2D, por todo o trabalho desenvolvido em prol do crescimento, afirmação e sedimentação do “jogo das 64 casas” no concelho de Vila Nova de Famalicão. O tabuleiro nº1 do CX A2D recebeu das mãos de Inês Barros um retrato da sua participação no Campeonato Europeu de Seleções 2017,o que marcou a estreia numa convocatória para a Seleção Absoluta de Xadrez. O MN Bruno Gomes, Capitão do jovem clube famalicense, recebeu uma gravura do logotipo do CX A2D que será exposto na Sala de Xadrez do CX A2D. Marcaram também a sua presença o Presidente da Associação de Pais e Encarregados Educação da Didáxis, Paulo Araújo; o Presidente da Associação Académica da Didáxis, Francisco Assis; o Presidente da Associação de Xadrez do Distrito de Braga, Carlos Dias e representante do Município Famalicense, Fábio Cunha. No final, todos foram unânimes ao considerarem que este evento internacional de Xadrez transformou Vila Nova de Famalicão, a capital do xadrez nacional, na primeira semana de agosto. Pelo sexto ano consecutivo, o Torneio Internacional Cidade Famalicão contribuiu para a divulgação e promoção do xadrez. A organização desta iniciativa projeta já no próximo ano um Torneio ainda mais forte e competitivo para atribuição de normas de Mestre Internacional e Grande Mestre, dado que Vila Nova de Famalicão viveu uma semana de Xadrez de alto nível, afirmando-se no panorama xadrezístico além-fronteiras.

Previous post

Armindo Araújo foi 4º do CPR no Rali Vinho Madeira

Next post

Homicida arrependido desvenda mistério

Cidade Hoje