GNR e Bombeiros procuram homem desaparecido no Rio Ave

Estão a decorrer, desde a final da manhã desta terça-feira, buscas no Rio Ave por um homem que se encontra desaparecido desde a passada semana.

Segundo avança o o portal Guimarães Digital, as buscas estão concentradas na zona de Vila Nova de Sande, envolvendo meios cinotécnicos da GNR e a equipa de mergulhadores dos Bombeiros Voluntários de Caldas das Taipas.

Fonte / Imagem: Guimarães Digital

Famalicão: Miguel Afonso vai defender-se «com calma e alma do esquema criado»

Miguel Afonso não presta, por enquanto declarações, sobre as acusações de que é alvo. No entanto, numa publicação no Instagram, o treinador escreveu uma breve declaração, na qual agradece «a todos aqueles que manifestaram apoio durante esta noite, pois sabem como sou e quem sou». Miguel Afonso refere, ainda, que «continuo focado e com calma e alma» vai defender-se «do esquema criado».

Recorde-se que, esta quinta-feira, foi tornado público, que várias jogadoras da equipa sénior de futebol feminino do Rio Ave acusam o ex-técnico Miguel Afonso de assédio sexual, casos que terão ocorrido na temporada 2020-21. A notícia é do jornal Público.

Segundo o diário, o técnico terá trocado mensagens íntimas com várias jovens, entre os 18 e os 20 anos, do plantel feminino do Rio Ave, uma situação negada pelo técnico, que acabou por sair do clube e está agora a treinar o Famalicão.

O Público escreve que as mensagens terão começado logo na pré-temporada 2020-21, com a chegada de Miguel Afonso para orientar a recém-formada equipa sénior de futebol feminino do Rio Ave.

O Público diz que são “muitas as mensagens escritas e orais trocadas entre Miguel Afonso e algumas das jogadoras envolvidas” e que o treinador, contactado pelo jornal, se recusou a comentar, dizendo apenas: “Não sei onde querem chegar com isso e que tipo de conversas são essas”.

Esponja mágica da Mercadona surpreende pela sua versatilidade

A Mercadona introduziu no seu sortido a Esponja Mágica da marca própria, Bosque Verde, que surpreendeu os seus clientes pela sua versatilidade de uso. Trata-se de um produto que está disponível nas mais de 1.600 lojas da Mercadona, em Espanha e Portugal, e que surpreende pela sua eficácia na eliminação de marcas e nódoas de sujidade em diversas superfícies, como portas, paredes, rodapés, chão, material desportivo, entre outros.

A esponja apresenta diversas soluções de limpeza e não danifica os tecidos nem as superfícies sendo, também, eficaz nas juntas dos azulejos, nas mochilas com marcas de lápis de carvão, canetas, ou lápis de cera, nas cadeiras com manchas difíceis e até nos sofás da sala com nódoas.

Trata-se de uma esponja com duas faces: uma branca, que serve para eliminar as manchas mais difíceis, e uma vermelha, que serve para absorver possíveis resíduos de sujidade. E é muito fácil de usar pois basta humedecer a parte branca com bastante água e depois escorrer para começar a limpar. Cada embalagem contém três esponjas que podem ser utilizadas até que se gaste completamente a parte branca.

pub

 

Mercadona doa 670 toneladas de alimentos no primeiro semestre deste ano

A Mercadona doou 670 toneladas de produtos de primeira necessidade no primeiro semestre de 2022 em Portugal. Estas doações, equivalente a mais de 11.000 carrinhos de compra, foram destinadas a mais de 30 cantinas sociais, 5 bancos de alimentos e outras entidades sociais com as quais a empresa colabora. No distrito de Braga, a Mercadona doou 118 toneladas de produtos de primeira necessidade a instituições locais de solidariedade social.

A Mercadona participa, ainda, noutras iniciativas de âmbito nacional que se realizam ao longo do ano. É o caso da “Campanha Vale”, da Federação Portuguesa dos Bancos Alimentares Contra a Fome, e da campanha “Shop for Goodness” da Cruz Vermelha Portuguesa, cujo montante angariado foi convertido em cartões de compra que contribuem para a autonomização de famílias carenciadas.

Com mais de 1.660 lojas entre Portugal e Espanha, a Mercadona doou 10.800 toneladas de bens na primeira metade deste ano, o equivalente a 180.200 carrinhos de compras, que se destinaram a mais de 410 cantinas sociais, 60 bancos de alimentos e outras entidades sociais de ambos países.

Estas ações resultam do compromisso da empresa em partilhar com a sociedade parte do que dela recebe. No âmbito deste Plano de Responsabilidade Social e a par da doação de alimentos, a Mercadona colabora com 32 fundações e centros ocupacionais na decoração das suas lojas com murais de trencadís (mosaicos típicos do Mediterrâneo), elaborados por mais de mil pessoas com incapacidade intelectual.

Outra linha estratégica deste Plano de Responsabilidade Social é a sustentabilidade, de que é prova o Sistema de Gestão Ambiental próprio, baseado nos princípios da economia circular e focado na otimização logística, eficiência energética, gestão de resíduos, produção sustentável e redução do plástico. Nesse sentido, a Mercadona, junto dos seus fornecedores Totaler, está a desenvolver a Estratégia 6.25: 6 ações para atingir um triplo objetivo até 2025: reduzir o plástico em 25%, que todas as embalagens sejam recicláveis, e reciclar todos os seus resíduos de plástico.

A Mercadona integra desde 2011 o Pacto Mundial das Nações Unidas para a defesa dos valores fundamentais em matéria de Direitos Humanos, Normas Laborais, Meio Ambiente e Luta contra a Corrupção.

Em Braga, as instituições beneficiárias são Associação de Solidariedade Social de S. Tiago de Fraião (Braga), GASC (Barcelos), Lar de Santo António (Guimarães), Dar as Mãos – Associação de Solidariedade Social (Braga), Lar de Santa Estefânia (Braga), Cruz Vermelha Portuguesa – Delegação de Braga (Braga) e Lar Nossa Senhora da Misericórdia (Barcelos)

Município de Famalicão integra campanha nacional de promoção do uso dos transportes públicos

O Instituto da Mobilidade e dos Transportes, I.P. lançou, esta quinta-feira, a campanha “O Futuro é Coletivo – Use os Transportes Públicos”, que tem como objetivo a promoção do uso do transporte público coletivo, através de uma divulgação alargada dos benefícios para o utilizador: + barato / melhor para o ambiente / + tempo para o que gosta / cómodo e seguro
A campanha, que tem como parceiros 50 entidades, entre as quais a CIM do Ave e o Município de Famalicão, passa em vários órgãos de comunicação social e múltiplas plataformas.

Com as crescentes alterações climáticas, o aumento do congestionamento, a degradação da qualidade do ar, o aumento da sinistralidade rodoviária e a crise energética, tornou evidente a necessidade de alterar o paradigma da mobilidade. O transporte público é uma área chave na política de mobilidade urbana sustentável, a par da racionalização do uso do transporte individual
e do estímulo aos modos ativos.
O Programa de Apoio à Redução Tarifária nos Transportes Públicos (PART), iniciado em 2019, levou a um aumento global de passageiros nos transportes públicos e teve um impacto significativo no financiamento do sistema de transportes, na poupança das famílias e na simplificação dos sistemas tarifários, atraindo, deste modo, novos passageiros para o transporte público.
Por outro lado, a recente crise sanitária condicionou a utilização do transporte público coletivo, tendo-se verificado uma diminuição da procura. Neste contexto, o IMT considera importante divulgar os benefícios do uso do transporte público coletivo e promover o regresso e atrair novos passageiros.

 

Famalicão: Homem morre em acidente de trabalho em Seide S. Miguel

Uma queda de uma altura de cerca de cinco metros vitimou, mortalmente, um homem de 59 anos, que se encontrava a trabalhar na Avenida de São Miguel, em Seide S. Miguel. O acidente aconteceu cerca das 08h50 desta sexta-feira.

A notícia é avançada pelo JN. Na assistência à vítima, estiveram os Bombeiros Voluntários de Famalicão e a VMER de Famalicão e o óbito foi declarado no local. O cadáver foi transportado para a morgue do Centro Hospitalar do Médio Ave, unidade de Famalicão.

A GNR também foi acionada para o local.

Companhia Cão Danado apresenta produção em Guimarães

A Companhia Cão Danado – Estrutura de Artes do Espetáculo, com 20 anos de atividade, sediada em Vila Nova de Famalicão, apresenta nos dias 12 e 13 de agosto, pelas 21 horas, na Plataforma das Artes, em Guimarães, a produção “Descanso na tua voz”, uma criação de Diana Sá.

A récita é para maiores de 16 anos, tem a duração média de 180 minutos e entrada livre. Interpretação de Célia Fechas, Flávio Catelli, Gonçalo Fonseca, José Ribeiro, Maria Inês Peixoto, Sara Costa, Valdemar Santos.

A produção é do Cão Danado, em coprodução com o Teatro Municipal do Porto – Rivoli; Campo Alegre; Cine Teatro João Verde e com apoio institucional do Município de Guimarães (IMPACTA).

“Descanso na tua voz” é a continuação de “Ouve-me de perto como se te tocasse”, um processo pessoal durante o período do confinamento.

Em “Descanso na tua voz”, o ator e o espetador encontram-se. De igual para igual. A responsabilidade para que a experiência teatral seja completa depende de todos os intervenientes. O público passa a cúmplice de uma experiência de partilha entre quem conta uma história e quem ouve. O objetivo é através do dispositivo cénico, da apresentação no espaço público, da relação próxima e intimista entre ator e espetador, a escrita do texto a pensar na criação de empatia, conseguir devolver ao público em geral a vontade e responsabilidade da apropriação de um objeto artístico que, em última instância só existe porque o público o faz existir.

Cão Danado é uma estrutura financiada pela República Portuguesa – Cultura / Direção –Geral das Artes e tem o Apoio institucional do Município de Vila Nova de Famalicão.

Próximos Espetáculos 10 de setembro de 2022 – ESTAU | Estarreja: 17 de setembro de 2022 – Germinal | Vila Nova de Famalicão; 5 de novembro de 2022 – Cine Teatro João Verde.