Frente Comum anuncia greve da função pública para 12 de novembro

A Frente Comum de Sindicatos da Administração Pública confirma a realização de uma greve nacional no dia 12 de novembro, sexta-feira, para exigir ao Governo que altere a proposta de Orçamento do Estado para 2022 (OE2022).

Para o sindicato, a proposta de OE2022 não dá resposta aos problemas dos trabalhadores e o aumento salarial de 0,9% previsto no documento não é considerado suficiente.

Segundo o sindicalista Sebastião Santana, a greve afeta todos os setores da administração pública, sendo esperada uma «resposta muito firme dos trabalhadores a este Governo».

Para quarta-feira está agendada uma reunião suplementar entre as estruturas sindicais e o Ministério da Modernização do Estado e da Administração Pública.

A Frente Comum exige aumentos de 90 euros para todos os trabalhadores e um salário mínimo de 850 euros na administração pública.