Quem por estes dias procura tratar de assuntos relacionados com a Segurança Social não tem tido a vida facilitada.

São centenas os famalicenses que procuram diariamente por aquele espaço, o que faz com que os recursos humanos alocados à loja de Famalicão não sejam os adequados para a procura real que ela tem. Nesta segunda-feira, as senhas para o atendimento geral esgotaram em poucos minutos, às 10h30 as instalações já se encontravam cheias de gente a aguardar pela sua vez e com o sistema já bloqueado para não imprimir mais senhas.

Comunicado colocado na porta da Segurança Social de Famalicão

No local, os cidadãos dizem não compreender como é que uma loja da dimensão de Famalicão tem só três ou quatro pessoas a fazer o atendimento. A única alternativa que as pessoas vão tendo, no caso de precisarem somente de fazer a entrega de documentos, é a possibilidade de os entregar em envelope sem necessitarem de aguardarem pela sua vez.

Prejudicados ficam muitos Famalicenses que aproveitam as pausas no trabalho para resolver problemas na Segurança Social, situação que não tem sido possível uma vez que as senhas esgotam nos primeiros minutos depois da abertura do espaço.

Previous post

Camilo representa Portugal em Estrasburgo

Next post

Mulher atropelada em Bairro está em estado grave

Cidade Hoje