Concelho

Famalicenses da Amarcultura abriram cortejo histórico das Feiras Novas em Ponte de Lima

A Associação Amarcultura participou, no passado dia 9 de Setembro, no cortejo histórico das Feira Novas em Ponte de Lima. Depois da estreia do ano passado, a organização deu o privilégio de abertura do cortejo à associação de Calendário.

Com um total de 26 elementos, o grupo da Amarcultura compôs o quadro I, que representava a primeira grande campanha militar romana no atual território português, sob o comando do cônsul Décio Júnio Bruto. Um tema que diz muito a Ponte de Lima, pois crê-se que foi nessas terras que as tropas romanas tiveram a sua primeira hesitação em avançar. Isto porque ao chegarem às margens do rio Lima, julgaram tratar-se do lendário rio do esquecimento, no qual quem o atravessasse perderia a memória das suas origens. A superstição e o temor dos soldados foram superados pelo exemplo do próprio general Décio que, sozinho, atravessou o rio, para demonstrar que nenhum mal lhe sucedia.

Esta lenda, a do rio Lethes, está bem demonstrada a quem chega a Ponte de Lima através de um monumento escultórico junto à ponte romana. Assim, na abertura do cortejo, a associação famalicense encenou um contingente romano composto por uma legião de soldados e respetivas famílias. Ao longo do trajeto, foi possível recriar por diversas vezes a formação defensiva designada por tartaruga, na qual os soldados juntavam os seus escudos numa verdadeira carapaça compacta, praticamente inultrapassável.

Foram muitas as pessoas que aplaudiram esta coreografia que exigiu muita coordenação entre os 10 atores que compunham este conjunto.

À semelhança do que sucedeu no cortejo das Festas d’Agonia, a Amarcultura estendeu o convite a outras coletividades do concelho famalicense. Desta vez, compuseram o quadro elementos do Rancho Infantil e Juvenil de Gavião, do Agrupamento de Escuteiros de Requião e do Grupo de Cavaquinhos do Liberdade Futebol Clube. Estas parcerias têm por objetivo proporcionar o fomento de atividades conjuntas e a partilha de experiências de carácter artístico e cultural.

Previous post

Alerta: Jovem desaparecida desde domingo

Next post

Proteção Civil alerta para o calor dos próximos dias

Cidade Hoje