Famalicão: Usava carros alugados para ir buscar droga a Espanha

Um homem, residente em Nine, foi acusado pelo Ministério Público de tráfico de estupefacientes e falsificação de documentos. A detenção já ocorreu em junho de 2020, quando juntamente com outro suspeito, residente em Braga, foi intercetado pela Polícia Judiciária de Braga com 2,8 quilos de cannabis.

Segundo conta o Jornal Amarense, os dois suspeitos alugavam carros para irem ao sul de Espanha buscar droga que depois vendiam em Portugal. Segundo a PJ, estas viagens terão acontecido seis vezes só em 2020. Devido ao estado de emergência, pelo covid-19, viajavam com uma declaração falsa supostamente emitida por uma empresa transportadora.

Alugavam carros para viajar até Espanha. Um dos carros transportava a droga e o outro seguia à frente para alertar para possíveis fiscalizações rodoviárias no caminho.

Acabaram apanhados pela Polícia Judiciária, numa bomba de abastecimento de combustíveis, com droga suficiente para 6.077 doses individuais.

Segundo o jornal O Amarense, o advogado de um dos suspeitos disse que há uma terceira pessoa, alegadamente um empresário famalicense, envolvido no esquema de tráfico.