Famalicão: Tradição do século dezanove (rosquinhas e tremoços) ao postigo

O Grupo Etnográfico Rusga de Joane mantém, este ano, a tradicional venda de rosquinhas e tremoços, na Quinta Feira Santa, 1 de abril.

Este que é um costume exclusivo joanense é vivenciado apenas neste dia, mas vai decorrer ao postigo. Este mercado tradicional acontecerá a partir das 7h30, no Largo 3 de Julho (antigo Campo da Feira), mais precisamente, na loja ao lado do Sapateiro Super Rápido.

A iniciativa vai decorrer atendendo a todas as normas e procedimentos indicados pela Direção-Geral da Saúde, implícitas do atual estado pandémico.

Esta é uma tradição exclusiva da vila de Joane, que remonta ao final do século XIX. Na 5ª Feira Santa as mini rosquinhas (conforme fotografia do cartaz) e os tremoços eram presença obrigatória nas casas dos joanenses. Ao longo dos anos, várias foram as pessoas que montavam as suas bancas neste dia, no Largo 3 de Julho (antigo Campo da Feira), mas na última década sentiu-se a diminuição desta prática cultural que a Rusga de Joane tem vindo a dinamizar, fazendo perdurar no tempo esta iniciativa.