Famalicão: Teatro Narciso Ferreira começa a funcionar nos primeiros dias do verão de 2021

A reabilitação do Teatro Narciso Ferreira, em Riba de Ave, vai necessitar de obras não previstas no projeto, mas que se tornaram imprescindíveis na execução da empreitada e que vão atrasar a conclusão da obra por mais de um mês.

A conclusão dos trabalhos estava prevista para o primeiro trimestre de 2021, mas Paulo Cunha, presidente da Câmara Municipal, acredita que em junho/julho do mesmo ano, o espaço cultural ribadavense possa entrar em funcionamento, assumiu no final da reunião do executivo municipal que decorreu esta quinta-feira.

Os trabalhos extra passam pela contenção e muros de suporte, trabalhos de estrutura de betão armado e da estrutura metálica da cobertura, vãos corta-fogo, isolamentos acústicos e revestimentos diversos.

A proposta de trabalhos a mais e a prorrogação do prazo foi esta quinta-feira a reunião de Câmara. Em causa estão mais 240. 487, 57 euros, mais IVA.

Recorde-se que a obra de reabilitação foi entregue à empresa Costeira – Engenharia e Construção por quase três milhões de euros, mais concretamente 2.789.761 euros; adjudicada a 31 de janeiro de 2019.